Miuccia Prada e o direito de poder tudo na moda

prada 2

Ela pode. Com a prerrogativa de que nada do que faça possa dar errado, Miuccia Prada envereda por caminhos onde os outros não vão. O desfile apresentado pela Prada nesta quinta-feira, em Milão, representa essa ousadia. Enquanto os demais trafegam apoiados em corrimãos como os grafismos, o preto e branco, o certinho e o vendável, Miuccia tira o fôlego ao jogar na cara de todo mundo uma coleção abusadamente colorida, em montagens que, muitas vezes, parecem saídas do corredor de algum hospício. Quem, em sã consciência, faria uma mistureba daquelas? Bustiê de pedraria sobreposto a vestido, estampas de rostos, grafites que saem das paredes para animar o verão. Suzi Menkes se referiu ao desfile como “estranhamente belo”. É uma boa definição para algo que passa longe do óbvio, mas vai angariar mais opositores do que defensores. A começar pela adoção das polainas para o verão. Polainas, senhores, isso mesmo. Em alguns looks, lembram até aqueles meiões medonhos que certas malucas malhadas usam nas academias de ginástica. No entanto, parece que à moda, neste momento, importa menos a coerência e mais a coragem. Não deixa de ser um alívio, em certo ponto, ver alguém subverter o que todo mundo espera. Pode não ser chique. Pode não ser nem bonito. Mas só de mexer com os ânimos de uma maneira geral já tem o meu respeito. Miuccia Prada abusa do direito de poder tudo na moda,  e isso incomoda. Quem vai pagar uma fortuna para sair assim na rua eu não sei. Mas que foi uma confusão necessária, ah…isso foi.
P.S.: Só eu lembrei da escrava Anastácia de Adriana Degreas quando vi aqueles carões grafitados nas roupas… acho que sim, né?

A Anastácia da Degreas e o carão grafite da Prada

A Anastácia da Degreas e o carão grafite da Prada

Anúncios

Sobre deborahbresser

Não, aqui ninguém verá o look do dia. Sou da escola em que jornalista não é notícia. Nem o que veste, muito menos a bolsa que carrega ou o sapatinho que usa para bater o pezinho no chão cada vez que é contrariado. De meninas mimadas, o mundo virtual está farto. Sim, há blogs... e blogs. Mas gosto mesmo é do conceito original, de um espaço formatado para a exposição de opiniões sem amarras. Ou de informações que possam ser úteis - ou inúteis, desde que divirtam. Sempre estive nas editorias de futilidades, mas sempre argumentei que se meus colegas de Esportes vão ver jogo de futebol e dizem que estão trabalhando, eu também posso ver desfiles... e estar trabalhando. Simples assim. Já ensaiei algumas vezes usar este espaço profissionalmente, mas acabo sendo engolida pelas circunstâncias. Agora, confesso que estou decidida a tocar esse projeto com mais seriedade. São 25 anos de profissão, já vi, ouvi e vivi coisas suficientes neste mundo das modas para poder dar alguns pitacos. E tomar umas pedradas, sem que fiquem nem arranhões. É isso. Aceito sugestões, dicas, dúvidas... vamos em frente.
Esse post foi publicado em Desfiles, Semanas de Moda e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Miuccia Prada e o direito de poder tudo na moda

  1. ronaldo fraga disse:

    o que a moda, ops, a vida quer da gente eh coragem!!
    salve Miuccia, salve Bresser !!

  2. Biti Averbach disse:

    Bem lembrado, DB!

    Vc viu que que a Cathy Horyn relacionou as estampas de rostos com os desfiles do Raf Simons?

    (Since Raf Simons used Brian Calvin’s paintings of women on T-shirts in his spring 2013 men’s collection, and Warhol’s 1950s shoe illustrations on bags in his fall 2013 Dior show, I was a bit surprised that Ms. Prada went with the idea of reproduced feminine portraits. They’re on bags, too.)

    Tenho pra mim que a moda (como mercado criativo) anda tão caída que só em uniões/intersecções com a arte é que tem conseguido se energizar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s